Despenseiros de Deus

DESPENSEIROS DE DEUS - I Coríntios 4.1- Que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Que as pessoas de um modo geral, principalmente nossa família, nos considerem ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus.

O que é despenseiro– era o nome dado ao servo que tinha a chave da despensa, que era o repartimento onde ficava guardado na casa todo o suprimento da família.Todos os demais servos da casa iam ao despenseiro, pois sabiam que era ele que tinha a chave. Os homens devem nos considerar assim, despenseiros de Deus.

Qual o significado da despensa e da chave?

Mateus 16:19 - E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.Você é o despenseiro, ou seja, aquele que tem a chave, e o reino de Deus é a despensa, onde está todo suprimento da sua vida e dos seus.Lá esta todo o abastecimento, tudo o que a pessoa precisa, ou um dia venha a precisar, seja físico, espiritual, emocional, está na dispensa de Deus.Deus deu a Pedro as chaves da despensa. Esta chave não era exclusividade de Pedro. É nossa também.

Se a despensa é o reino de Deus, o que é a chave?

Em resumo, a chave se refere à autoridade da igreja. A igreja tem autoridade para “ligar e desligar”, em sentido absoluto. As chaves do reino dos céus é a capacidade de admitir pessoas para o reino, a expressão “ligar e desligar”, deve ser entendido também como “permitir e proibir”. Na sua casa você entra e sai,permiti ou proíbe, porque você tem a chave.

Porque alguns da nossa família recorrem a tudo e todos e não há nós para resolverem seus problemas? Talvez porque ainda não nos veem como despenseiros de Deus, porque no dia que eles nos enxergarem como despenseiros de Deus, eles vão recorrer a nós.As pessoas devem vir a nós pedir oração, conselho, pois se isto acontece é porque eles estão vendo em você a chave.

Pedro agiu como despenseiro - Atos 3.1-9 - E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.O qual, vendo a Pedro e a João que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós.E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa.E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus.E todo o povo o viu andar e louvar a Deus. Aqui Pedro estava como um despenseiro de Deus.

Este homem tinha três necessidades:

1ª física, pois ele não andava.

2ª necessidade financeira, material, pois não podia trabalhar.

3ª espiritual, pois o máximo que ele vinha era na porta do templo, ele não tinha o prazer de entrar no culto e assistir a reunião como os demais.

Pedro disse que tinha algo, (
mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda) ele disse porque Jesus havia dito “eu te dou a chave” e ele a usou, e naquele momento a despensa foi aberta, e todo o suprimento para atender as necessidades daquele homem, foi suprida. A chave é nossa, somos os despenseiros, vamos usar esta chave.

O que têm nesta despensa?I Coríntios 2.9 -Mas, como está escrito:As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem,são as que Deus preparou para os que o amam. Com amor Rosivaldo Russo.

 

cultos